DÁDIVA DE DEUS

Por José Viana
em 08/01/2022
DÁDIVA DE DEUS

Antes de entrar em uma nova fase da minha vida, denominada aposentado, eu trabalhava na Refinaria Potiguar Clara Camarão (RPCC).

Durante um determinado período, tivemos um gerente Recursos Humanos que todas as vezes que a equipe comemorava o aniversário de um colega, na sua mensagem para o aniversariante, lembrava dos acontecimentos históricos daquela data.

Copiando a ideia colega Guilherme Poetzscher, relembro de alguns eventos históricos que ocorreram alguns anos atrás na data de 08 de janeiro. Em 1935 nasce o cantor e ator norte-americano Elvis Presley e em 1976 tivemos o nascimento do cantor e compositor brasileiro Alexandre Pires. Também podemos lembrar que nessa mesma data, sendo em 1959, ano que eu nasci, Fidel Castro chega a Havana, a capital de Cuba, depois de derrubar Fulgêncio Batista e assumir o poder. Talvez esses acontecimentos sejam importantes para os fãs clubes e os analista políticos. Não para mim.

Bem, da mesma forma que destaquei a aposentadoria como uma nova fase da minha vida, posso afirmar que em 08 de janeiro de 1986, também iniciei uma nova fase. Não como profissional, mas como pai.

O jornalista Hélio Fraga no seu livro “Ser pai”, escreveu: “Não se brinca de casar e nem de ser pai e mãe. O casamento tem de ser assumido na plenitude de sua dignidade, de seu compromisso e de sua responsabilidade. Filhos não são objetos descartáveis. São seres humanos, gerados com amor e por amor. Não para serem usados e manipulados, mas para serem valorizados e amados. Entre todas as graves e sérias responsabilidades que um homem pode assumir, ao longo de sua existência, a maior delas é a de ser pai.

Ser pai é muito mais importante (nobre e relevante) que ser ministro do Supremo, CEO da mais poderosa multinacional, general de 4 estrelas, secretário de Estado, governador, prefeito, conselheiro ou diretor de qualquer entidade. Mais importante até que a Presidência da República. Na hora de gerar um filho, todo homem deveria tremer em seus alicerces, não de prazer, mas de viva emoção diante da responsabilidade que está assumindo naquele momento, porque é um ato de múltiplas repercussões presentes e futuras”.

Nanda, minha filha. Não tenho dúvida que ser pai é descobrir que o amor incondicional existe, o maior e mais sincero de todos está bem diante de nós. E foi assim que me senti, quando vi você pela primeira vez, logo após o parto, nos braços de uma enfermeira. Branquinha e vermelhinha. Que emoção. Principalmente quando lhe segurei no colo pela primeira vez sabendo que você chegou ao mundo perfeita e cheia de saúde. Senti naquele momento que você seria uma das pessoas mais especiais que eu teria na minha vida.

Naquela manhã de 08 de janeiro de 1986, eu e Maria José, deixávamos de ser apenas um casal para sermos pais. Uma verdadeira família. Nunca podemos esquecer que os filhos são uma dádiva de Deus.

Mas, os como bem definiu o escritor libanês Khalil Gibran, nossos filhos não são nossos filhos. São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma. Vêm através de nós, mas não de nós. E embora vivam conosco, não nos pertencem. Somos apenas os arcos dos quais nossos filhos são arremessados como flechas vivas nesse mundo de Deus.

Já faz algum tempo minha pequena Nanda, que você também está numa nova fase da vida. Não sozinha, mas com o jovem Thiago que através da aliança matrimonial começaram uma vida conjugal.

Há três anos atrás essa caminhada conjugal, gerou o pequeno Lucas –  a coroa dos avós como citado na Bíblia em Provérbios 17:6.

A escritora Raquel na sua crônica “A arte de ser avó”, que mais parece uma declaração de amor do que uma crônica, diz que os netos são como heranças: “você os ganha sem merecer”.

Sem ter feito nada para isso, de repente lhe caem do céu. É, como dizem os ingleses, um ato de Deus. Sem se passarem as penas do amor, sem os compromissos do matrimônio, sem as dores da maternidade. E não se trata de um filho apenas suposto, como o filho adotado: o neto é realmente o sangue do seu sangue, filho de filho, mais filho que o filho mesmo…

Filha, hoje você completa mais um ano de vida. É um dia muito especial e cheio de felicidade!  

Parabéns, filha querida! Obrigado pelo eterno privilégio de ser o seu pai e por me dar mais orgulho a cada ano que passa porque é um exemplo de pessoa íntegra, e se comporta de maneira digna em todas as áreas da sua vida.

Que a cada manhã Jesus abençoe seus passos e que nunca lhe falte o brilho do sol para os dias difíceis, a luz da lua para as noites inquietas e o fulgor das estrelas iluminando o seu caminho. Eu estarei sempre aqui, torcendo muito por você e para você, auxiliando os seus dias no que for preciso enquanto nosso Deus me mantiver nessa terra no cumprimento de minha missão.

Um balde de amor, saúde, paz, sucesso e uma chuva de felicidade é o que mais lhe desejo! Não importa a idade que você complete. Você será para sempre a minha pequena Nanda. Feliz aniversário, filha querida!

31 Thoughts on DÁDIVA DE DEUS
    Suelly Medeiros
    8 Jan 2022
    8:07am

    Excelente texto! que Deus continue iluminando Fernanda nesse novo ciclo com saúde, e toda essa família linda!!!🙏🌹

    Marcilio Coutinho de Luna Freire Neto
    8 Jan 2022
    8:12am

    Meu amigo pai, vc acaba de me deixar choroso, essas palavras tão verdadeiras são no coração de todos nós pais. Parabéns a manda, embora não a conheça, mas tem um presente de DEUS, que são seus pais! Abraço fraterno!

    Marcilio Coutinho de Luna Freire Neto
    8 Jan 2022
    8:14am

    Meu amigo pai, vc acaba de me deixar choroso, essas palavras tão verdadeiras estão no coração de todos nós pais. Parabéns nanda, embora não a conheça, mas tem um presente de DEUS, que são seus pais! Abraço fraterno!

    Marcilio Coutinho de Luna Freire Neto
    8 Jan 2022
    8:17am

    Houve uma correção no meu texto, como não sei apagar, parece que repeti!🤣🤣!

    Eliene maia
    8 Jan 2022
    8:22am

    Linda mensagem! Que Jesus abençoe Fernanda e toda sua família. Parabéns!🙏

    Francisco Ivan de Oliveira
    8 Jan 2022
    8:25am

    Excelente texto Viana,ser pai, ser avó/avó, são dádivas de Deus para seus Filhos.
    Parabéns a vc e toda sua linda Família!!!!

    Francisco Ivan de Oliveira
    8 Jan 2022
    8:26am

    Excelente texto Viana,ser pai, ser avó/avó, são dádivas de Deus para seus Filhos.
    Parabéns pelo Texto.
    Parabéns a vc e toda sua linda Família!!!!

Leave a Reply Cancelar resposta

Continue a leitura

Veja outras notícias de Blog do Viana.